Governo Japonês recebe Diretores da CNS em agenda de Serviços

A JETRO, agência de comércio exterior vinculada ao METI – Ministério da Economia do Japão, recebeu no dia 01 de Junho em sua sede em Tóquio a delegação da Confederação Nacional de Serviços – CNS. A delegação brasileira foi recebida pelo vice-presidente executivo da JETRO, Sr. Tatsuhiro Shindo e equipe de especialistas setoriais, que organizaram o encontro em formato de seminário, sendo subdividido em reuniões específicas com diversas instituições.

Iniciando pelo foco de políticas públicas de fomento ao setor de Serviços, a JETRO apresentou à CNS os dados sobre o setor no Japão, bem como o foco desejado para os próximos anos. Apresentado pela diretora de políticas para Serviços do METI, Sra. Mio Kawada, o plano de desenvolvimento Japonês prevê a meta definida pelo Exmo. Sr. primeiro ministro Shinzo Abe, de atingir os 600 trilhões de ienes de PIB total em 2.020, e, para tanto, há ações diversas voltadas à modernização e produtividade dos Serviços. Essas ações tem, em síntese, três dimensões: novos serviços, novos mercados e inovação nos setores atuais de serviços.

Na etapa seguinte, o encontro foi aberto à participação de entidades empresariais, incluindo setores de Serviços Ambientais, Educação e Franchising. Com um mercado de mais de 25 bilhões de ienes ao ano, os Srs. Hiroyuki Ito, Diretor Executivo da Japan Franchising Association e Akihiko Uchikawa, presidente do Franchising Research & Strategy Institute detalharam setor de franchising do Japão, que conta com mais de 1300 marcas e mais de 260.000 estabelecimentos. A CNS manteve interação prévia e a posteriori com a Associação Brasileira de Franchising – ABF, no sentido de garantir a frutífera troca de informações entre os representantes associativos dos dois países.

Na agenda de serviços ambientais, o foco foi dado para o tema de Tratamento de Águas, assunto em que o Japão é uma das melhores referências mundiais. Contando com uma cobertura de 97,8% de água distribuída em tubulações, tem menos de 10,5% de águas não cobradas (inclui perdas, serviços públicos e outros). Com modelos de tratamento de água e esgoto que extrapolam as grandes instalações para os maiores centros urbanos, o Japão detêm tecnologias de tratamento que alcançam as médias e pequenas cidades, bem como as zonas rurais.

Na fase final da agenda, houve a apresentação da Associação de Desenvolvimento de Recursos Humanos – HIDA. O seu diretor, Sr. Akihiro Omino, apresentou à CNS as diversas possibilidades de programas para formação de gestores e de treinamentos técnicos para profissionais que atuem em parceria com empresas Japonesas do setor de Serviços. Através de seu escritório em São Paulo, reuniões adicionais darão andamento neste tema.

A continuidade nesta cooperação entre Brasil e Japão se dará já neste mês de Julho, quando a CNS receberá a delegação empresarial da JETRO que virá ao Brasil com o propósito de avançar na troca de informações sobre os mercados, bem como estabelecer diálogos com o empresariado Brasileiro.

Segue Imagens da Reunião:

plataforma-educa